DICAS DE VIAGEM


Abaixo seguem algumas dicas para você, futuro viajante.

Antes de mais nada leve consigo muita alegria, energia contagiante e muita disposição para compartilhar com os novos amigos.

Máquina de fotografar é indispensável para qualquer viagem. As emoções são únicas e cada passeio é sempre diferente, você irá conhecer sempre novas pessoas e registrar esses momentos é fundamental;

1. Faça uma pequena pesquisa sobre a política, economia e cultura do(s) país(es) para o qual(is) você vai viajar. Pergunte a amigos que já estiveram no lugar, a agentes de viagem, consulados e consulte guias de viagem.

2. Planeje um itinerário flexível e defina um orçamento. Deixe uma cópia com alguém que ficará em casa.

3. Cheque as condições climáticas e escolha um mínimo de sapatos e roupas adequadas ao seu itinerário.

4. Compre um seguro saúde suplementar apropriado para o tipo de viagem que você fará.

5. Leve com você a prova da cobertura do seguro.

6. Saiba como contatar sua seguradora e certifique-se que seu acompanhante de viagem, seu agente de viagem e alguém que ficará em casa saibam fazer o mesmo.

7. Assegure-se de ter tomado todas as vacinas, quando necessário.

8. Mantenha qualquer medicamento que você precise em sua embalagem original e leve a receita médica com você no caso de ser uma droga controlada.

9. Leve uma receita médica no caso de seringas necessárioas para uso medicinal.

10. Assegure-se de ter os vistos necessários e de que o seu passaporte está válido. Faça fotocópias dos seu passaporte e vistos e as mantenha separadas das originais.


DETALHES IMPORTANTÍSSIMOS PARA SUA VIAGEM!


Malas - Seja criterioso ao extremo com as roupas que você vai levar. Dê preferência a roupas que não amassam, que não se sujam com facilidade e que possam ser usadas várias vezes (como um jeans, por exemplo).

Bagagem de mão- Lembre de levar em sua bagagem de mão uma ou duas mudas de roupas, para o caso de sua bagagem ser extraviada. Assim, você terá pelo menos como se virar sem ter que comprar roupas novas enquanto sua mala não chega.

Roupas a Bordo - Use roupas e sapatos confortáveis durante os vôos. Se você tiver de embarcar com uma roupa pouco confortável (vindo de uma reunião, por exemplo), leve em uma sacola de mão uma muda de roupa leve e um tênis para trocar a bordo.

Tranque as malas - Feche sempre as malas com cadeado ou segredo. Leve sempre uma cópia da chave, guardando-a em local diferente da original.

Objetos metálicos e/ou perfurantes - Não leve em sua bagagem de mão objetos metálicos, como bijouterias de metal, e nenhum objeto perfurante, como canivete, estilete, removedor de cutículas, grampos de cabelos com ponta perfurante, etc. Tudo isto pode ser despachado em sua mala, mas com certeza serão confiscados quando você passar no detector de metais antes de embarcar, devido às medidas de segurança.

Dicionário e calculadora - Se você está viajando para o exterior, é sempre útil ter à mão uma calculadora de bolso e um pequeno dicionário.

Ponha etiquetas nas malas - As bagagens deverão estar identificadas, tanto na parte interna quanto externa. A identificação deve conter no mínimo o nome, endereço (com cidade e país) e telefone.

Cheque sua etiqueta de bagagem - Às vezes, no check in, o atendente se distrai e digita outro destino para suas malas. Ao receber as etiquetas de bagagem, veja se o destino impresso nelas está correto.

Torne sua mala visivel - Como as malas são muito parecidas, ponha uma fita colorida ou algo parecido na sua para ajudar a identificá-la na esteira de bagagens.

Objetos de valor - Jamais despache em bagagem de mão objetos de valor, como jóias, dinheiro e documentos.

Se você vai fazer um Cruzeiro - Leve sempre uma muda de roupa na bagagem de mão, pois a mala demora muito a chegar nas cabines.

Adaptadores - Leve sempre adaptadores de todo tipo para os equipamentos eletrônicos que você estiver levando, porque cada país tem tomadas elétricas diferentes.

Remédios - Leve os medicamentos que você está acostumado a usar, já que é difícil comprar remédios sem receita médica no exterior. Além disso, leve na mala remédios básicos contra dor de cabeça, febre, cólicas, gripe, etc.

Cheque sua documentação - Lembre de levar documentos originais. Se for viajar ao exterior, lembre que seu passaporte deve ter no mínimo 6 meses de validade. Se se tratar de menores viajando desacompanhados, verifique se está levando a autorização judicial e documento original dos menores. Cuidado com as carteiras de identidade emitidas por sindicatos e associações de classe, muito usadas por jornalistas, advogados, economistas, etc: nem sempre elas são aceitas como documento válido de viagem. O mesmo vale para as carteiras de habilitação.

Cheque qual é o Aeroporto de Embarque - Isso parece lógico, mas verifique sempre na sua passagem qual é o aeroporto de embarque.

Cheque sua bagagem de mão - Inocentes canivetes, alicates de unha, faquinhas e outros objetos não passam na bagagem de mão. Ponha nas malas todo obejto perfurante ou cortante que você tenha em sua bagagem de mão.

Cuidado com malas e encomendas - Nunca deixe bagagem desacompanhada no aeroporto e, de forma alguma, aceite pedidos para levar encomendas de desconhecidos.

Chegue ao aeroporto com antecedência - Para vöos internacionais, chegue com no minimo 2 horas de antecedência da partida do vöo. Nos vôos nacionais, chegue pelo menos 1 hora antes da partida, especialmente se for alta temporada. Procure checar na véspera do embarque se está havendo alguma greve ou paralisação no aeroporto onde você vai embarcar; se isto estiver acontecendo, chegue ao aeroporto com o dobro de antecedência.

Cuidado com o excesso de bagagem - Cuidado para não levar mais bagagem que o permitido - você paga uma fortuna por cada quilo excedente! Nos vôos nacionais, o adulto pode levar até 20 kg. Nos internacionais, depende do destino (consulte seu agente de viagem), sendo que na maioria dos casos é permitido levar 2 malas de 32 kg cada por pessoa.

Não fique parado a bordo - Especialmente se o vôo for longo, tome alguns cuidados: use roupas leves e confortáveis, tire os sapatos durante o vôo, ande pelos corredores do avião de vez em quando.

Você é friorento? - Então leve um casaco leve em sua bagagem de mão. Às vezes, o ar condicionado a bordo é bem forte.

Declare os objetos importados - Se você estiver levando equipamentos eletrônicos importados para o exterior, é necessário registrá-los na Receita Federal, no próprio aeroporto. Isso vale para máquinas fotográficas, lentes, filmadoras, computadores etc. Não é necessário declarar celular, já que ele sai do Brasil habilitado. Porém, ao adquirir um aparelho celular no exterior, não se esqueça de registrá-lo na alfândega brasileira na sua chegada. Caso contrário, não poderá habilitá-lo no Brasil.

Reconfirme seus vôos - Em todas as viagens internacionais, sempre reconfirme seu vôo de volta. Isso pode ser feito a qualquer momento, desde que você já tenha saído do Brasil. Sugerimos qu
Koru Bonus